NR 35 – Trabalho em Altura

Apresentar ao aluno de maneira clara e objetiva, os fundamentos necessários para prática de Segurança do Trabalho em Altura, bem como estabelecer os requisitos mínimos e as medidas de proteção para o trabalho em altura, envolvendo o planejamento, a organização e a execução, de forma a garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores envolvidos direta ou indiretamente com esta atividade.
Docs cópias:

End, RG e CPF

Pré-requisitos

Não há

Carga Horária:

16 h/a

Venha aprender os fundamentos necessários para prática de Segurança do Trabalho em Altura

Você vai aprender nesse curso

  • Normas e regulamentos aplicáveis ao trabalho em altura;

  • Análise de risco e condições impeditivas;

  • Riscos potenciais inerentes ao trabalho em altura e medidas de prevenção e controle;

  • Sistemas, equipamentos e procedimentos de proteção coletiva;

  • Equipamentos de proteção individual para trabalho em altura: seleção, inspeção, conservação e limitação de uso;

  • Acidentes típicos em trabalhos em altura;

  • Condutas em situações de emergência, incluindo técnicas de resgate e primeiros socorros.

  • Primeiros socorros-APH

  • Avaliação da cena do acidente;

  • Verificação dos sinais vitais;

  • Estabilização dos sinais vitais;

  • Reanimação cardio-pulmonar;

  • Estabilização de ferimentos.

  • RMC - uso de colar cervical e Prancha.

  • Prática de estrutura (andaimes e escada)

  • Nós e amarrações, demonstração e execução:

  • Equipamentos e pontos de ancoragem e sistemas auxiliares.

  • Tipos de cinto de segurança “pararaquedista”

  • Movimentação vertical com uso de talabarte e trava quedas (Linha de vida flexível e rígida /Corda e cabo de aço)

  • Noções de técnicas de resgate em poste.

  • Montagen de sistema de vantagem mecanica 4X1(polias)

  • PTA – Permissão para Trabalho em Altura e check list.

EPI’s:

  • Óculos – Proteção dos Olhos.

  • Luvas de vaqueta – Proteção das mãos.

  • Cinto do tipo paraquedista – Proteção do trabalhador contra queda.

  • Talabarte em Y- Acessório acoplado ao cinto utilizado para ancoragem.

  • Talabarte de posicionamento – Conectado ao cinto e preso à estrutura possibilita o posicionamento para trabalho.

Equipamentos

  • Mosquetão - É um anel metálico que possui um segmento móvel, chamado gatilho que se abre para permitir a passagem da corda.

  • Corda poliamida – Utilizado para ancoragem, subida, amarração.

  • Fita tubular - São fitas de trama extremamente resistente e que se assemelham a uma corda sem a alma, ou seja, só a capa

  • Trava quedas para Cabo - Dispositivo automático de travamento destinado à ligação do cinto de segurança ao cabo de segurança.

  • Trava quedas para Corda - Dispositivo automático de travamento destinado à ligação do cinto de segurança a corda de segurança.

  • Polia Simples e duplas - É uma peça mecânica muito comum a diversas máquinas, utilizada para transferir força.

  • Cordelete - Utilizado para a prática dos nós.

  • Escada extenssiva,

  • Prancha ridida,

  • Colar cervical e talas de imobilização.

  • Boneco maneguim para RCP.

A melhor Estrutura pra você

Laboratório
Completo

Equipamentos
Modernos

Material
Didático

Suporte
Pós Curso

Certificado
Reconhecido

Amplo Mercado
de Trabalho

Profissionais
Qualificados

Programação do Curso

Fique atento as datas e horários de abertura das turmas

Sede Fortaleza

Dias Horários Início Duração H/a
Sábado
08h as 17h 16/03/24 01 Sábado 08 /H

Sede Maracanaú

Dias Horários Início Duração H/a
Sábado
08:00 às 17:00 09/03/24 1 Sábado 08/h
Sab. e Dom
08:00 às 17:00 27/01/24 1 Fim de Semana 16/h
Preencha o formulário abaixo e
entraremos em contato com você.
Essa pré-inscrição não garante vaga nos cursos.

    Escolha a sede*

    Nome*

    Telefone numerais juntos (ex: 99999999999)

    E-mail*

    Assunto


    Lei Federal nº 13.709 (Lei Geral de Proteção de Dados - LGPD).